Começar de novo

fotografia

Debati sobre se deveria ou não criar um blog, já tive outro mas num momento catártico de mudança, apaguei-o na integra e nem as fotos ficaram. Soube bem romper com o passado aquele blog já não era eu.
Por fim criei este espaço que ainda não sei bem como será preenchido provavelmente com aquilo que gosto, aquilo que faço fora da prisão fluorescentemente iluminada com vidros duplos em vez de grades mas como o mesmo efeito prático. Pareço pessimista, e talvez seja, fatalista diriam os optimistas mas penso que sou realista. Quantos de nós fazem realmente aquilo que gostam, quantos não ergueram prisões metafóricas, ou não, á volta de si mesmos. Eu tenho as minhas prisões, feitas e impostas pela vida.
Mudar, palavra chave no inicio do ano, dita e redita entre o comer de passes e o gole de champanhe. Quantos de nós tem mesmo coragem de mudar, quantos de nós reconhecem a necessidade de mudança. Eu sinto essa necessidade, borbulha na minha barriga e zumbe na minha cabeça. Urge e empurra, daí este blog não diria um primeiro passo mas é um passo. Aqui quero criar uma casa, casa de partilha do que gosto de fazer da vida que estou a tentar mudar.
Não me vou prolongar mais neste post, já vai longo. Para desanuviar deixo a seguinte foto…

fotografia (2)
… comida é algo que deverá aparecer por este espaço com alguma frequência

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s